Bbzs' Blog

Archive for the ‘introdução de alimentos’ Category

Escrevi aqui como fiz a introdução alimentar da Laura, reproduzo abaixo:

“Abaixo um resumo de como eu fiz a introdução de alimentos, após os 6 meses de vida, de uma forma diferente da maioria, segundo a orientação da minha homeopata e pediatra da minha filha:

A introdução de alimentos é o período que se inicia no sexto mês de vida e quando bebê já senta, e vai até o primeiro ano, quando o bebê é gradualmente apresentado aos alimentos. É um período de transição da ingestão exclusiva de leite materno para a ingestão de alimentos e de leite materno. O leite materno permanece na dieta do bebê nos intervalos das refeições e é uma excelente fonte de nutrientes.

As orientações dadas nesse encontro focam a introdução das primeiras refeições com alimentos salgados, para que o bebê não desenvolva uma predileção pelo paladar doce. *apesar de ter começado a introdução pelos salgados, minha filha ama um docinho, mas bate cada pratão de comida de me deixar no chinelo!*

As primeiras refeições são compostas de:
-uma raiz (alimentos que nascem na terra: mandioca, mandioquinha, batata, cenoura, beterraba…)
-uma folha (aproveita-se o caule também)
-um fruto (alimentos que contém sementes: abobrinha, tomate, xuxu, vagem, abóbora…)

Nos primeiros 15 dias: oferecer apenas o almoço.
Nos 15 dias posteriores: lanche da manhã e almoço.
Nos 15 dias posteriores: lanche da manhã, almoço e jantar.

* no caso eu fiquei 40 dias tentando dar o almoço, pois eu tentava dar a comida, mas na primeira colherada ela já cospia tudo e se recusava a abrir a boca. Mas eu tentava todos os dias, colocava ela à mesa conosco e oferecia a comida. Se ela recusasse – o que era comum- eu não insistia, mas deixava ela brincar com a comida, amassar, jogar no chão, até que um dia, ela aceitou!*

Escolher composições coloridas de raiz, folha e fruto.
Exemplos de refeições:
-cenoura, couve e abobrinha
-mandioquinha, espinafre e abóbora

Temperos: no início, apenas sal marinho (uma ou duas pitadas) e azeite (um fio).
O tempero altera o paladar do alimento. Incluir mais tarde, do sexto mês ao primeiro ano, a salsinha, cebolinha, cebola, alho etc.

Cortar na transversal os vegetais compridos.

Oferecer a papinha amassadinha ou passada na peneira. Amassar um legume de cada vez.

* eu nunca passei na peneira, apenas amassava com o garfo*

Cozinhar na panela a vapor, com a vantagem de cada alimento ficar separado.

Introdução dos grãos e cereais: a partir do sétimo mês de vida.
Introdução das carnes: a partir do oitavo mês. (peixe de rio somente após um ano)
Introdução dos ovos: a partir do nono mês, se o bebê já dormir a noite toda.
Dicas e informações preciosas:
– aproveitar a água do cozimento dos legumes para fazer o arroz integral (com exceção do espinafre, cuja água contém toxinas);
– ao invés de cozinhar apenas três legumes de uma vez, cozinhar seis, assim, já se tem a janta;
– colocar as cascas dos vegetais nas plantas;
– “hora de comer é hora de comer”, evite brincadeiras, livros ou televisão nesses momentos;
– “fruta de manhã é ouro, de tarde, prata e à noite mata”;
– a fruta aumenta a febre;
– oferecer de preferência a fruta inteira, não em forma de suco;
– alimentos crus: não oferecer no início, pois o bebê ainda não digere a celulose;
– usar de preferência alimentos orgânicos e lavá-los com água e escovinha;
– utilizar de preferência panelas, panelas a vapor e peneira de inox;
– começar a oferecer água (de preferência no copinho) nos intervalos;
– colocar a comida na pontinha da língua, nunca no fundo da boca;
– esperar a fome da criança, não oferecer o peito antes das refeições;
– após a refeição, esperar pelo menos em torno de trinta minutos para oferecer o peito para – evitar a associação do peito como sobremesa, o que poderia dificultar as refeições.

Bom, esse foi um resumo, se tiver alguma dúvida, deixe um comentário!”



  • Nenhum
  • Naiara Scarabelli: Seu Blog é lindo... Maravilhoso o jeitinho que você fala dos seus Bbzerrinhos*.... Estou gravida de 27 Semanas, é um rapazinho e quero ganhar parto
  • keylla: Ola. Seu relato me inspirou. Estou com um bebe de 2 meses e estou tentando deixar o complemento, mas ele pede o peito de hora em hora e chega a ficar
  • bbza: Então Cibely, a Laura começou a comer grãos com 10 meses. Arroz e feijão ou lentilha. Ela não curtia muito papinha, então um dia resolvemos tent